with Comments

como ficar rico - como-fazer-um-bom-planejamento-financeiro

PRIMEIRO: ENCARE AS DIFICULDADES SEM MEDO

 

Hoje em dia muitas pessoas sofrem com questões financeiras e procuram por soluções erradas para tentar sair de situações “apertadas”. Quando você quer saber como fazer um planejamento financeiro da melhor maneira, é importante que você saiba o seguinte:

 

  • qual a sua renda atual;
  • qual a probabilidade de você perder sua renda atual;
  • quanto te resta se você quiser apenas sobreviver e quitar suas contas;
  • o quanto você aguenta viver apenas com o básico, cortando lazer e outras coisas supérfluas.

 

Para muitos, entender essas dificuldades é um passo muito difícil, mas você precisa assumir que para sair do local A para o B, financeiramente você pode acabar sofrendo um pouco para poder conseguir o que quer no futuro. O estado atual deve ser ignorado para poder conseguir chegar no estado desejado no futuro.

 

Para fazer um bom planejamento utilize ferramentas financeiras que te ajudem a controlar seus gastos mensais, desta forma você consegue botar no papel (ou no computador) seus gastos grandes e pequenos e ver as dificuldades do planejamento de maneira mais detalhada. Veja algumas boas ferramentas para você controlar seus gastos:

 

GBOLSO – http://www.gbolso.com.br/index.php

POOWPAY – https://www.poowpay.com/

GRANATUM – http://www.granatum.com.br/

 

 

SEGUNDO: CRIE PLANOS A, B e C

 

O que acontece se você perder seu emprego? O que acontece se você ficar doente de repente? O que acontece se você precisar de R$ 1.000 em uma emergência? Planos financeiros devem ser feitos para suportar estes tipos de questões pessoais e é necessário agir com o máximo de cuidado possível para conseguir cobrir todos os possíveis riscos. (Confira também o meu artigo sobre como economizar dinheiro: CLIQUE AQUI)

 

Exemplo: O PLANO A

Você possui seu emprego e com ele você consegue pagar as principais contas: Moradia, Alimentação e Cartão de crédito. Todas estas dividas totalizam geralmente perto de R$ 3.700 por mês. Você tem uma renda de R$ 5.000 pelo seu emprego.

 

Mas então o que acontece se você PERDER seu emprego? Suas contas ainda podem ser pagas? Você possui alguma conta poupança para te salvar nestas horas?

 

Mas se você possui um PLANO B que seja por exemplo “Usar a poupança para montar um negócio que gere outra renda” você vai se sentir mais seguro. Você possui dinheiro trabalhando para você para gerar dinheiro, que pode assumir suas contas se o PLANO A parar de funcionar. Mas o que acontece se você perder sua poupança?

 

Um bom PLANO C nesse caso seria conseguir estudar para ter habilidades fora do seu campo de trabalho, de forma que você consiga ao mesmo tempo procurar emprego na sua área e trabalhar em outra área enquanto isso.

 

Para se ter um bom planejamento financeiro é CRUCIAL considerar as piores hipóteses possíveis, para que você não tenha surpresas e apenas um plano para executar.

 

 

TERCEIRO: CRIE UM PLANO PARA AUMENTAR SUA RENDA

 

Dinheiro definitivamente chama dinheiro. Mas você tem que correr atrás dele com o seu dinheiro primeiro para ter resultados. Crie um plano para aumentar sua renda/budget e amplie seu leque de opções na hora de segurar os tempos difíceis.

 

Você pode fazer o seguinte:

  • separar parte do seu orçamento para tentar construir um negócio;
  • separar parte do seu orçamento para investir na bolsa de valores;
  • separar parte do seu orçamento para diminuir sua carga de trabalho e assim você conseguir trabalhar em outra coisa paralelamente.

 

Planos para aumentar sua renda devem ser feitos considerando:

  • Risco;
  • Retorno sobre Investimento (ROI );
  • Planejamento Estratégico;
  • Quantidade de Investimento.

 

O risco deve sempre ser levado em conta quando você for criar um plano para gerar renda, mas não deve ser DETERMINANTE. Por exemplo, você pode comprar ações e ter um alto risco, mas também um alto retorno sobre o investimento.

 

O planejamento estratégico vai servir para você:

  • prevenir o máximo de reveses possível;
  • atingir os consumidores com maior potencial de aceitar seu negócio e o seu produto;
  • atingir os consumidores com maior potencial aquisitivo;
  • nível de flexibilidade do negócio;
  • saber usar os seus recursos atuais da melhor maneira possível.

 

E tudo isso para você ter a maior taxa de sucesso possível. Com isso você consegue aumentar sua renda, colocá-la como renda auxiliar e melhorar as coisas no seu planejamento financeiro, aumentando o saldo positivo para balancear com o negativo.

 

RESUMINDO…

 

Criando um planejamento financeiro sólido você consegue DESCREVER como sair do seu estado atual e quando você deve chegar aonde você quer, mas isso vai depender se você vai seguir seu planejamento, botar no papel e seguir o papel são 2 coisas diferentes.

 

Então para ficar bem claro e para você ter o que procura:

  • enfrente as dificuldades;
  • use ferramentas para gerenciar seu orçamento;
  • desenvolva e siga planos;
  • tente sempre aumentar sua renda.

 

Seguindo isso você pode ter certeza que você vai ter saúde financeira, só lembre-se de fazer o mesmo para mantê-la. Até mais!

Como Investir em ações