with Comments

Busca do sucesso-fundo multimercado

Venho percebendo que muitas pessoas não investem em fundo multimercado, mas nenhum meio de comunicação tem notado o porque disso. Fazendo minhas pesquisas na internet, acabei percebendo alguns anseios de gente que quer investir mas não faz.

Assim como eu no começo, algumas pessoas não investem por não saberem como funciona exatamente. Outras, não investem nesse tipo de investimento por não saberem que tipo de risco vão correr. E também tem aquelas que até entendem os riscos, mas gostariam de saber se fundo multimercado é uma boa alternativa e se dá bons rendimentos.

A realidade é que por falta de conhecimento,acabam deixando a opção de lado e partem para a renda fixa onde o rendimento é um pouco abaixo do esperado.

Também pelo mesmo motivo de falta de conhecimento, deixam o fundo multimercado de lado influenciados pelo medo, achando que o risco é muito alto e que podem acabar tendo perdas em seu capital investido.

Mas uma coisa é certa, todos eles tem uma coisa em comum: Estão querendo aumentar seus patrimônios e terem resultados melhores em seus investimentos.

A partir de agora, você irá entender o que é um fundo multimercado e como funciona. Além disso, vou explicar detalhadamente as vantagens desse investimento, incluindo tributação e valores.

Aproveite!

“Menos é mais. O processo de investimento deve ser mais importante que os resultados. Comportamento correto na hora de investir é a chave.”

Ben Carlson

O que é Fundo Multimercado?

Busca do Sucesso - o-que-e-fundo-multimercado

Andei fazendo algumas pesquisas na internet e notei um grande número de pessoas com medo de investir em fundo multimercado por não saberem o que é e como funciona exatamente.

Elas até procuram mas não encontram informação suficiente para investir com mais segurança.

Também por falta de conhecimento, acabam deixando a opção de lado e partindo pra renda fixa onde o rendimento é um pouco abaixo do esperado.

Com tanto insegurança e falta de informação, acabamos “deixando o dinheiro na mesa”, perdendo oportunidades. Mas vou te ajudar com isso, e vai ser agora! Vou explicar exatamente como é e como funciona um fundo multimercado.

Fundo de investimento multimercado, nada mais é que um fundo com várias classes de ativos(renda fixa, ações, câmbio, índices de preço, derivativos, etc).

É o tipo de ativo que você colhe os frutos depois de algum tempo.

Pense comigo, um fundo multimercado é uma espécie de “pacote de balas sortidas”, dentro deste pacote, você encontra vários tipos de investimentos. Esses investimentos são administrados pela empresa responsável pelo fundo.

A empresa administradora do fundo costuma ter uma série de profissionais especulando o mercado e fazendo análises para manutenção desse fundo. Então, você compra um “pacote fechado”, mas quem decide que ativo tirar ou colocar no pacote é a administradora.

Para você não investir seu capital em algo muito vago, as empresas costumam descrever que tipo de ativos fazem parte deste fundo, portanto, cabe à você pesquisar e ver qual fundo se adequa com seu perfil de investidor.

Clique aqui e veja um exemplo de empresa que oferece esses fundos:

LISTA DE FUNDOS DE INVESTIMENTOS

Essa é uma boa modalidade de investimento, você pode aproveitar suas vantagens. Agora você sabe o que são fundos multimercado, é preciso entender o mecanismo da coisa.

É por isso que no tópico a seguir eu vou te mostrar exatamente como funciona, quais são as peculiaridades e como você deve agir. Vamos lá?

Fundo Multimercado Vale a Pena?

Busca do Sucesso - vantagens-do-fundo-multimercado

Não adianta nada você saber o que é um fundo de investimento multimercado, se você não souber como funciona para poder começar a aplicar seu capital.

Muita gente, além de não investir por não saber o que é um fundo desses, também não investe porque não conhece o funcionamento e muito menos que tipo de risco podem correr quando investe em um ativo desses.

Ainda por falta de conhecimento, acabam deixando o fundo multimercado de lado influenciados pelo medo, achando que o risco é muito alto e que podem perder uma boa parte do capital investido.

Como falei anteriormente, existe uma gestora por trás de cada fundo. Essa gestora conta com profissionais da área, que fazem muitas análises e tem informações privilegiadas sobre o mercado, isso faz com que eles façam uma boa gestão os fundos, retirando ativos que não vem tendo resultados e colocando outros que tem.

Dependendo do fundo que você investe, a empresa gestora mudam até a ESTRATÉGIA TODA, dependendo do cenário econômico.

Você deve estar se perguntando agora: “Em que tipo de fundo eu devo investir?”

Saiba que eu estou aqui para te ajudar nessa parte também.

Existem alguns tipos de fundos multimercado baseados nas estratégias que as empresas gestoras adoram, os mais citados são esses:

  • Estratégia macro;
  • Estratégia Long and Short;
  • Estratégia Juros e Moedas.

Macro

Este tipo de fundo foca na diversificação, as gestoras formam esse fundo baseados em movimentos macroeconômicos antecipados de mercado de acordo com as tendências de médio à longo prazo.

Esse tipo de fundo envolve ativos como renda fixa, ações, câmbio, etc.

Long & Short

Basicamente, esta estratégia adota uma postura mais agressiva.

Este fundo é baseado em renda variável (principalmente em ações), onde a estratégia consiste em comprar papéis na baixa e vender na alta. Ou seja, é um fundo com várias ações, onde o objetivo do fundo é vender ações supervalorizadas que fazem parte do fundo, e no lugar delas incluir ações desvalorizadas com tendência de alta.

Juros e Moedas

Esse fundo já é focado em renda fixa, onde a gestora não pode alocar o capital em renda variável. Este fundo multimercado opera em renda fixa e moeda estrangeira (como dólar por exemplo).

Agora que expliquei os tipos mais comuns de fundos multimercado, vamos pular para a parte onde eu vou mostrar um pouco dos custos e tributação.

Tributação

Não tem jeito! Você não vai conseguir escapar do imposto de renda!

Basicamente, quando o investidor resgata o dinheiro o imposto de renda já tem que ser pago.

Além disso, a tributação é específica para cada tipo de fundo (lembrando que é cobrado SOMENTE SOBRE OS RENDIMENTOS).

Para fundos de curto prazo, onde o retorno é para igual menos de 365 dias, o imposto de renda é cobrado da seguinte maneira:

  • 22,5% para fundos com prazo de até 180 dias;
  • 20% para fundos com prazo de 181 a 360 dias.

Para fundos de longo prazo, onde o retorno é para mais de 365 dias, o imposto de renda cobra assim:

  • 22,5% para fundos com prazo de até 180 dias;
  • 20% para fundos com prazo de 181 a 360 dias;
  • 17,5% para fundos com prazo de 361 a 720 dias;
  • 15% para fundos com prazo acima de 720 dias.

Além disso temos o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), que depois de 30 dias com o capital investido, não tem mais incidência deste imposto.

Custos

O custo mais comum dos fundos multimercados é a taxa de administração

A gestora precisa ganhar alguma coisa, afinal, o trabalho dela está sendo feito. Essa taxa de administração é cobrada pela gestão no geral.

Segundo dados da Anmiba (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), a taxa média cobrada pelos fundos é de 1,82% ao ano, essa porcentagem pode variar tanto para cima quando para baixo.

Saber como funciona o multimercado é essencial para qualquer pessoa que esteja querendo se meter com este tipo de investimento, não adianta você simplesmente colocar seu dinheiro sem saber como ele vai ser usado para multiplicar. Além disso é super importante que você tenha entendido a parte de tributação e custos.

Quando você vê esses valores sendo descontados de você, até que dá um pouco de desânimo, não é? Mas saiba que isso é absolutamente normal quando o assunto é investir. Agora, para animar novamente, vou explicar no próximo tópico sobre as vantagens de se investir em fundos multimercado.

Quais são as vantagens dos fundos multimercado?

Tenho notado também pessoas pesquisando na internet, querendo saber se investir em fundos multimercado é realmente uma boa maneira de multiplicar seu dinheirinho.

O que mais vejo são pessoas que gostariam de saber se é uma boa alternativa e se realmente os investidores têm bons resultados.

Primeiro de tudo você precisa saber de uma coisa…

Eu venho estudando sobre esses fundos e percebi que a rentabilidade é um pouco menor do que uma carteira de investimentos onde o gestor fosse o próprio investidor, mas por falta de tempo, conhecimento ou vontade de cuidar dos próprios ativos, as pessoas procuram por fundos de investimentos para deixar este trabalho de análise de mercado de lado.

Então o que tenho pra te dizer, é que a grande vantagem de trabalhar com ativos desse tipo, é que você terá alguém cuidado dele pra você.

Então você acaba não precisando especular e estudar o cenário econômico e o mercado para investir, você apenas terá que investir em um fundo que esteja mais apropriado para você e seu objetivo.

Como falei anteriormente, a gestora dos fundos precisa levar uma parte dos rendimentos pelo trabalho realizado, pois ela conta com vários especialistas. Isso faz com que a gestora “leve uma fatia do seu bolo”.

“Qual é o melhor fundo multimercado?”

Na verdade, você precisa encontrar o melhor fundo para você! Um fundo que se encaixe com seu perfil e seu objetivo.

Para criar este artigo, fiz muita pesquisa sobre o assunto. Acabei encontrando no portal da Infomoney, o ranking de fundos (inclusive multimercado), onde ele dá todos as informações de cada um. (Clique aqui para acessar o ranking).

Através desse ranking você vai saber escolher melhor um fundo para investir, lá você terá as informações de aporte inicial e rendimentos ao decorrer do tempo.

Como você pode ver, existem vantagens nos fundos multimercado, mas tem um preço a ser pago para isso (o que é natural).

Tudo muda quando temos a informação necessária, não é mesmo?

Quando as pessoas entendem o que é um fundo multimercado e entendem como funciona, elas ficam muito mais propícias a investir sem receios.

Além disso, é muito importante saber toda a parte de tributação e custos, pois você precisa estar ciente de que taxas serão descontadas de seu rendimento, principalmente pelo Imposto de Renda e pela Taxa de administração da gestora do fundo.

Apenas para recapitular, neste artigo vimos:

  • O que é um fundo multimercado;
  • Como funciona um fundo multimercado e se vale a pena investir em um;
  • As vantagens de se investir em um fundo multimercado;
  • Tributação;
  • Custos da empresa gestora do fundo.

Espero ter ajudado e também ter deixado você bem informado a ponto de investir, é uma ótima opção para você que não quer passar estudando o mercado por muito tempo para manutenção da sua carteira de investimentos.

Para agregar um pouco mais de valor no conteúdo, vou deixar este vídeo falando sobre fundos multimercado.

Deixe seu comentário abaixo e diga o que achou deste artigo ou pergunte alguma coisa.

Um forte abraço 😉

Como Investir em ações